Desculpem-me os outros pequenos, Gustavo que me fez conhecer o amor, Rômulo que me ensinou a escrever a noite, mas é Marcel que eu vou cantar e o que só o não-amor é capaz. O não amor e um homem preto e muito magro e um lugar em minhas costas que só ele foi capaz e um jeito de (des)tratar uma mulher.